segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

O Meteorito de Santa Luzia (Luziânia)

Você sabia? Um dos maiores meteoritos do Brasil caiu em Luziânia há quase 90 anos atrás? 😮 🚀




 Pesando quase duas toneladas, ele é o segundo maior objeto espacial encontrado no Brasil. 
 A descoberta do meteorito Santa Luzia aconteceu em 1927, na cidade de Santa Luzia, em Goiás (daí seu nome).
 É composto por Ferro (92%), Níquel (6,6%), Fósforo (0,9%) e Cobalto (0,47%). 
 Meteoritos são pequenos corpos celestes que atravessaram a atmosfera terrestre e colidiram com a superfície do planeta. 
 Enquanto estão em órbita no espaço, são conhecidos como meteoroides. Passam a ser chamados de meteoros ao atravessarem a atmosfera. Na maioria dos casos, desintegram-se por completo na atmosfera e não chegam a se chocar com a superfície terrestre. Essa queima resulta do atrito com a atmosfera terrestre e do contato com o oxigênio. 
 Em geral o meteoro deixa um rápido rastro (ou fino traço) de luz que é visto no céu. A sua origem pode ser de fragmentos de asteroides ou de restos de cometas.
Os meteoros são conhecidos popularmente como estrelas cadentes, embora não tenham, absolutamente, qualquer tipo de relação com as estrelas. 
 A grande maioria dos meteoros é destruída antes de atingirem a superfície da Terra. Quando não são completamente destruídos e chegam à superfície terrestre, são denominados meteoritos.
Fonte ON (Observatório Nacional) http://www.on.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário