quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Paracatu e Luziânia fazem o jogo mais eletrizante do campeonato


A equipe do Luziânia saiu de casa e viajou por mais de 170 km para enfrentar o outro estrangeiro do Candandão: o embalado Paracatu das Minas Gerais. Um encontro tão peculiar teria mesmo que resultar no que vimos no estádio Frei Norberto, simplesmente o melhor jogo do campeonato brasiliense até agora.
O jogo que foi interrompido por causa do temporal que caiu na noite de 31 de janeiro pela 3 rodada, começou aos 8:32 minutos do primeiro tempo com um lateral cobrado pelo time da casa.
Aos 11 minutos o goleiro Pedro do Paracatu recebeu uma falta durante o ataque do Luziânia e ficou um bom tempo sendo atendido. Aos 18 minutos o zagueiro Victor Melo começou o bombardeio para cima do time azul e branco. Do lado do Luziânia aos 24 minutos, David que entrou muito bem no jogo, tocou para Gilmar Baiano e ele não concluiu com bom êxito. Aos 33 minutos o ataque eficaz da Águia do Noroeste funcionou muito bem, o camisa 10 Zé Wilson recebeu bol de frente pro gol e chutou forte no travessão, a bola voltou nos pés do Caio Cabecinha que quase fez o gol mineiro chutando por cima do gol de Márcio.
Aos 37 Clayton fez falta forte sobre o atacante Paulo Renê do Paracatu e recebeu cartão amarelo. Castro Jr fez diversas boas jogadas pelo meio de campo, infiltrando o ataque do Luziânia, tentado encontrar Anjinho que foi bem marcado no primeiro tempo do jogo. Aos 39 minutos o ataque mineiro recebeu boa bola que Breno tentou de cabeça parando na boa defesa de ‘São Márcio’, goleiro do Luziânia. O juiz acrescentou atípicos 5 minutos no primeiro tempo. Aos 45 minutos, Castro Jr recebeu aquela bola na intermediária do ataque, limpou um, dois ,três e tocou para Moisés, a bola sobrou para o China que chutou forte no canto direito do goleiro Pedro, ele abaixou para segurar a bola e ela passou entre as pernas dele,  0 X 1 para o time visitante. Na sequência o Paracatu tentou de tudo para ir para o intervalo de jogo com o empate. No fim do primeiro tempo o azulino foi para o vestiário com a vantagem.

No segundo tempo o Paracatu trocou as camisas e veio com muita vontade de dar o troco e alegrar a torcida que literalmente lotou o Frei Norberto em jogo com portões abertos. Aos 3 minutos o atacante Moisés subiu na disputa de bola com o camisa 9 do Paracatu, fez falta forte em Paulo Renê e levou a pior, bateu a cabeça no chão e recebeu cartão amarelo. Victor Melo do Paracatu passou a levar perigo pelas laterais de campo. Nos 12 minutos de jogo o Paracatu cobrou falta com Marquinho e Márcio faz mais uma boa defesa. Aos 17 minutos Rodrigo Barros recebe falta forte e fica de fora um bom tempo. Quando a bola parou, o técnico Jairo sacou o Moisés Baiano e colocou Diego no jogo. Aos 20 minutos Anjinho deu um belo chapéu em Serginho e a bola quase chega bem para o ataque do Luziânia. No minuto seguinte o time das Minas Gerais alcançou o alvo de se tornar líder do Campeonato Brasiliense, Serginho chutou forte, o goleiro Márcio rebateu a bola e ela caiu nos pés mais perigosos da competição, ele Paulo Renê que não vacilou e empatou o jogo, Paracatu 1 x 1 Luziânia. O Rodrigo Barros saí machucado e é substituído pelo zagueiro Dedé. Aos 36 Caio Cabecinha recebe cartão amarelo por tentar cavar um pênalti contra o Luziânia. Depois do gol, ambas as equipes mantiveram muita cautela. Aos 45 minutos Castro Jr cruza uma bola excelente na frente do gol do Pedro, Anjinho não alcança e perde a chance de marcar o gol da vitória goiana. A arbitragem deu 5 minutos a mais também no segundo tempo, daí achou pouco e deu mais um por causa das seguidas paradas. Aos 48 Anjinho recebe cartão amarelo. Na sequência o azulão consegue dois escanteios seguidos e quase marca. O Paracatu também tentou jogar as últimas cartadas. Na saída de campo alguns jogadores com razão reclamaram da iluminação do Frei Norberto. Depois de um jogo emocionante, a torcida que lotou o estádio e fez uma linda festa e como povo hospitaleiro que é, recebeu bem os visitantes e celebrou o resultado que deixou o Paracatu na liderança. O Luziânia também não ficou no prejuízo e ganhou um importante ponto fora de casa. O Paracatu joga novamente no sábado contra o Gama em casa. O Luziânia joga também em casa contra o Real, no duelo dos mandantes do Serra do Lago, domingo (25) às 15:30.



Reportagem Arley da Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário